Entidades levantam nº de usuários na gratuidade

Na terceira reunião entre representantes de entidades e Prefeitura de Limeira, os gestores entregaram ontem ao Executivo os números de usuários com deficiência atendidos com benefício da gratuidade do Transporte Público.

Na semana passada, o prefeito Mario Botion (PSD) informou que buscaria recursos da assistência social e saúde para subsidiar as passagens. A gratuidade vale até dia 27, e foi suspensa por decisão judicial por estar baseada em leis inconstitucionais.

A prorrogação é para adequação do sistema de transporte.

Presidente do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Kédima Silva informou que a estimativa inicial é de 1,5 mil atendidos dependentes da gratuidade, mas ainda não foram quantificados os números de viagens, que também foram passados. Nem todos os atendidos fazem tratamento diariamente.

Os números devem subsidiar a estimativa de custo pela Prefeitura.

Enquanto isso, as entidades devem definir os critérios de prioridade para manter o benefício

Porto Alegre - RS, 01.12.2010 Concluída as obras de melhoria no Terminal de ônibus Uruguai.   Fotos: Jonathan Heckler/PMPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *