COMTRANSLEGAL | Campanha em São José dos Campos pretende reduzir assaltos em ônibus

Campanha em São José dos Campos pretende reduzir assaltos em ônibus

Em fevereiro, foram registrados 16 casos na cidade; durante todo o ano passado, foram 15 ocorrências do tipo

Após sucessivos casos de assaltos, as empresas de ônibus de São José dos Campos decidiram realizar uma campanha educativa para evitar esse tipo de ocorrência dentro dos coletivos, entre elas, distribuir uma cartilha com orientações. Além disso, os cobradores e os motoristas serão treinados sobre como agir nestas situações a partir dessa quarta-feira, 7 de março.

A BusVale, consórcio das empresas de ônibus, informou que as ações, com o objetivo de reduzir o número de assaltos, foram elaboradas em conjunto com a Polícia Militar. O objetivo principal é orientar como passageiros, motoristas e cobradores devem agir mediante um crime dentro do coletivo.

A preocupação aumentou quando um assalto resultou na morte de um cobrador, em 16 de fevereiro. Sidney de Paula Bomfim trabalhava na linha 303, da Viação Saens Peña. No trajeto entre o bairro Jardim Colonial e a Rodoviária Nova, na Praça Aurora Moreira, três homens entraram no ônibus como passageiros e anunciaram o assalto. Ao reagir, o cobrador foi baleado. O caso ocorreu por volta de 22h.

De acordo com o Sindicato dos Condutores, o número de casos também assusta: foram 16 assaltos registrados apenas no mês de fevereiro, comparados a 15 ocorrências em todo o ano de 2017.

ORIENTAÇÕES DESCRITAS NA CARTILHA

Entre as orientações está não ficar distraído com conversas ou leituras, não pendurar objetos de valor na cintura ou nas roupas e desconfiar de esbarrões. As orientações também apontam para o risco de ficar em pontos de ônibus isolados no período da noite.

Confira todas as orientações divulgadas pela cartilha:

cartilha SJC.png

Cartilha será distribuída aos passageiros. Foto: Divulgação

AÇÕES CONJUNTAS PARA EVITAR OCORRÊNCIAS

Após a morte do cobrador, em fevereiro, a categoria decidiu fazer uma paralisação no transporte da cidade, no dia seguinte ao ocorrido. Conforme as mobilizações foram se intensificando, o poder público começou a realizar ações.

Representantes do Sindicato dos Condutores se reuniram com a Polícia Militar nesta segunda-feira, 5 de março, para discutir ações conjuntas que pudessem evitar os assaltos e garantir mais segurança a todos. A conversa foi feita no CPI 1 (Comando de Policiamento do Interior).

Em nota, a Secretaria de Mobilidade de São José dos Campos informou ao Diário do Transporte que “a frota de ônibus do transporte público conta com câmeras, cujo objetivo é inibir ações que coloquem em risco a segurança dos passageiros, conforme previsto no contrato de concessão com o município. Cabe ressaltar que, a Prefeitura de São José dos Campos trabalha de forma conjunta às empresas de ônibus, Sindicato dos Condutores, Polícia Militar e Polícia Civil, tendo em vista proporcionar mais segurança aos usuários”.

 

Fonte: Diário do Transporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *